Menu

Os lançamentos de março de 2020: games que queremos jogar

Porque tomar sol está difícil

Estamos na primeira semana de março, o verão vai terminando (existiu verão esse ano, aliás?), a chuva dá trégua, mas quando volta, volta forte. Sair de casa, pegar piscina, ir pra praia? Nesse verão de 2020 foi tarefa ingrata. Já que sair de casa e pegar um solzinho está difícil, melhor mesmo é pegar o controle (ou mouse/teclado, no meu caso) e partir para a jogatina. 

LEIA MAIS: The Last of Us | Naughty Dog anuncia série baseada no game

Março é um excelente mês, com vários lançamentos que prometem. Aqui estão os mais aguardados pela galera da Game Vision.

Leandro: Tenho me divertido bastante com Wolcen: Lords of Mayhemapesar dos bugs e da funcionalidade medíocre dos servidores online. Offline, porém, é uma delícia. Só que tem muita coisa boa vindo por aí. Confesso que não ligo tanto assim para jogos AAA, mas a coceira por um FPS estilo arcade é grande, e Doom Eternal (PS4, XBox One, Switch, PC) está chegando. O sucessor de Doom (2016) promete ser o jogo de tiro mais bonito já lançado, aliado com a jogabilidade bem conhecida de Doom – vulgo, frenética e sanguinolenta (tirem as crianças da sala, por favor.)

Como se não bastasse, Ori and The Will of the Wisps (PC/XBox One) chega na próxima semana. O antecessor, Ori and the Blind Forest, é um platformer maravilhoso, cheio de charme e com um estilo de arte de dar inveja. Esteticamente lindo e acima de tudo, desafiador. Finalmente, Nioh 2 (PS4) será lançado no dia 13. Quando criança, eu sempre brincava fingindo ser um samurai e queria ter uma katana. Nioh, super inspirado em Dark Souls, consegue reproduzir como poucos essa sensação. Mal vejo a hora de jogar o segundo e passar horas a fio resmungando em frente ao monitor, porque meu pai amado, como é difícil.

Jonas: O meu vício de jogar GTA V não acaba. Mas sempre dou espaço para outros games, principalmente os antigos para matar a nostalgia. Cito 3 em específico: Doom II, SWAT 4, ambos para PC e Castlevania: Lords of The Shadow esse para Android.

Isso misturado com Horizon Zero Down, God of War, The Last of US – comprei o PS4 recentemente (risos) -, Nascar 4, Assetto Corsa Competizione, Goldeneye: Source, Overwatch, dentre outros jogos. Sim, sou bastante eclético. Mas claro que também olho para possíveis lançamentos e dois chamam bastante a atenção para este mês de março.

O primeiro é Bleeding Edge. O jogo de combate da Ninja Theory é uma mistura de FPS multiplayer com porradaria franca e é um jogo fora do que estamos acostumados a ver por aí. Junte isso com a lista de personagens e o estilo de combate de cada um e temos uma espécie de bate-cabeça virtual. Tudo em uma proposta que tem um potencial bem relevante, ainda mais vindo de uma produtora que merece respetio. E é exatamente isso que me chamou a atenção, a coragem de arriscar e fazer algo diferente nesse mundo tão pasteurizado e chaaaato que anda ultimamente o mundo dos games.

Quem teve a oportunidade de experimentar o jogo na BGS 2019 sabe que é um jogo bastante competitivo e que tem tudo para dar certo. O jogo tem lançamento marcado para o dia 24 de março para Xbox One e PC.

Outro jogo que me chama a atenção é Persona 5 Royal. Na verdade será um relançamento para o ocidente de um dos jogos mais aclamados para o console PlayStation 4. O jogo terá um novo personagem (Kasumi Yoshizawa) e terá elementos adicionais para a história e jogabilidade, como novos cenários e conteúdo inédito.

O game é exclusivo para PS4 e também aproveita das capacidades gráficas do PS4 Pro. A Atlus quer que os velhos fãs voltem e tenham um novo olhar para uma versão mais completa e repaginada. Eu que ainda não joguei nem a versão anterior, vou querer muito essa – o difícil vai ser arrumar tempo para jogar. Persona 5 Royal será lançado em 31 de março.

Live Gaming