Menu

Melhores Momentos de Crash Bandicoot no PSOne

Pessoalmente, admito que tenho dificuldade em confiar numa pessoa se ela me diz que não gosta de Crash Bandicoot.

Desafio quem era viciado em Crash a olhar essa imagem e não cantarolar a música da tela inicial até o fim do post

Desafio quem era viciado em Crash a olhar essa imagem e não cantarolar a música da tela inicial até o fim do post

O Crash Bandicoot tem um lugar especial no meu coração simplesmente pelo fato de ter sido meu primeiro jogo de PlayStation! Incrível porque, até esse jogo, eu só tinha experimentado jogos de 16-Bit pra baixo, ou seja, foi como ver a vida passar de 144p pra Full HD num piscar de olhos.

Minha vida antes de Crash Bandicoot

Minha vida antes de Crash Bandicoot

Minha vida depois de Crash Bandicoot

Minha vida depois de Crash Bandicoot

MOMENTOS NOSTÁLGICOS EM CRASH BANDICOOT

  • Sanity Beach

Logo na primeira fase do jogo você se depara com essa sequência de caixas aí que eu costumo chamar de “só trouxa que cai nesse buraco porque quem em sã consciência vai querer pegar todas essas caixas se a morte é certa ali?”. Pois é, eu na vida era o trouxa que tentava pegar todas as caixas.

Num vai dar não...

Num vai dar não…

  • Boulders

Ainda na primeira ilha, tem essa fase onde a ideia é você sair correndo sem saber o que tem na sua frente porque simplesmente tem uma pedra gigante rolando atrás de você. Era tanto desespero nessa fase que minhas mãos ficavam todas suadas de nervosismo.

Foco na cara de desespero do Crash

Foco na cara de desespero do Crash

  • Hog Wild

Uma das minhas fases favoritas pelo fato de 1. O ritmo alucinante da fase é muito bom; 2. A música tem umas batidas muito loucas que também te deixa alucinado; 3. Claro, você tá montado num jegue e a cara marota do Crash te deixa com mais vontade ainda de bater a cara dele em todas as caixas que ver pela frente.

Crash fazendo marotagens

Crash fazendo marotagens

  • Ripper Roo

Só uma coisa, olha cara de psicopata do chefão dessa fase. Não tem como esquecer a risada desse coelho azul (?) quando a gente estoura uma bomba nele.

Ripper Roo

Isso é uma… Camisa de força?

  • Road To Nowhere

Essa é aquela fase que você diz “caramba… Quando o pessoal criou essa fase, não estavam num bom dia”. Porque é isso mesmo, a fase quase não tem checkpoints, quase não tem onde pisar, e de quebra, as vezes aparece aquele jegue da outra fase pra te atropelar.

Nota que a fase toda acontece em cima de uma ponte

Nota que a fase toda acontece em cima de uma ponte

  • Cortex Power

Desde pequeno eu chamava a terceira ilha de Ilha das Máquinas. E isso faz sentido, até porque já na primeira fase da ilha tudo que você vê são robôs, canos soltando fumaça, paredes de metais e coisas semelhantes. Realmente um cenário bem steampunk e bastante memorável.

Eu lembro que quando chegava nessa fase, eu ficava encarando aquela tela ali no canto, meio com medo da cabeçona do Neo Cortex

Eu lembro que quando chegava nessa fase, eu ficava encarando aquela tela ali no canto, meio com medo da cabeçona do Neo Cortex

  • Slippery Climb

Pra mim uma das mais marcantes, acho que pelo fato de ter morrido umas milhões de vezes nessa fase.

Imagem da fase

Já devo ter morrido nessa escada aí, certeza

  • The Great Hall

E para finalizar, o final alternativo do jogo que muitos nem chegaram a conhecer porque para conseguir ver, você precisa ter coletado todas as 26 gemas do jogo. Finalizamos o post com o Crash indo embora num pássaro gigante com sua namorada Tawna sem nem ter enfrentado o Dr. Neo Cortex.

Olha cara de quem se deu bem hoje

Olha cara de quem se deu bem hoje

Live Gaming

Facebook Gaming Game Vision